Calcular a tabela de preços de clínicas de estética é um desafio e tanto. Diversos fatores devem ser levados em consideração para que esse cálculo consiga cobrir custos e trazer lucro para sua clínica de estética.

Muitos proprietários de clínicas de estética não têm a mínima ideia de como fazer esse cálculo e, por isso, acabam cobrando valores baseados na sua própria experiência.

Essa prática é muito comum, mas o cálculo para definição de preços é algo que faz parte da administração do empreendimento, por isso ele deve ser realizado corretamente para evitar que o estabelecimento tenha prejuízos.

Além disso, ele permite que seu preço cobrado seja justo para os clientes e ao mesmo tempo se torne o diferencial do seu clínicas de estética.

Agora que você sabe disso, observe como calcular a tabela de preços do clínicas de estética.

Gostaria de saber mais sobre como funciona a consultoria de estética avançada? Clique aqui para saber mais.

Passos para calcular a tabela de preços de clínicas de estética

Observe quais são os passos necessários para calcular o preço dos seus serviços.

1º Passo: Analise os custos fixos e variáveis

Antes de definir o preço dos seus serviços, você deve calcular as suas despesas fixas e variáveis.

Custos fixos

São todos aqueles que você paga mensalmente como: aluguel do ponto, conta de luz, impostos e entre outros.

Custos variáveis

São os gastos que não possuem valor fixo e variam de acordo com cada mês como: compra de materiais, pagamento de comissões e entre outros.

2º Passo: Calcular os seus custos

Levando em consideração o movimento do seu clínicas de estética, calcule o quanto dos custos fixos em cada serviço você pode receber.

Para isso, basta dividir o valor dos gastos fixos pelo número dos procedimentos que são realizados por mês no salão.

Em seguida some os custos, o resultado da equação e também o custo variável de cada serviço realizado para saber exatamente quanto eles estão custando.

A partir disso, você sabe a margem de lucro e pode definir a sua tabela de preços.

Com base nesse exemplo é possível receber pelo menos 50% de lucro no serviço, mas você precisa cobrar o valor de R$15,00 pelo procedimento realizado.

3º Passo: Anotar o lucro de cada procedimento

Para que no futuro você possa fazer promoções, é importante anotar o lucro de qualquer procedimento.

Eles serão fundamentais para que o seu salão não fique em prejuízo, caso você faça uma promoção.

Além disso, ter um programa de fidelidade pode ser um diferencial para o seu negócio.

4º Passo: Guarde os valores para cobrir as despesas

Você deve guardar os valores necessários para quitar as despesas e nunca gastar os lucros antecipados.

Além disso, é importante acompanhar todos os gastos para que no final do mês você não tenha nenhuma surpresa.

Por fim, você deve ter cuidado com o fluxo de caixa para que assim saiba verificar a lucratividade do seu negócio.

Procure manter o valor na média

Para manter o seu clínicas de estética competitivo é importante que os preços estejam dentro da média cobrada pelos seus concorrentes, mas isso não quer dizer que você deve cobrar mais barato.

Na verdade, o valor deve ser justo tanto para o seu salão como também para os seus clientes, por isso manter o seu preço dentro da média cobrada é importante.

Conclusão

Calcular a tabela de preço de clínicas de estética é uma etapa importante para o negócio, pois, ajuda a definir um valor que seja suficiente para cobrir os custos e gerar lucro para o salão.

Para fazer isso, leve em consideração o exemplo mostrado aqui para ter uma ideia de como calcular os valores.

Para auxiliar nessa parte, você pode usar planilhas para ajudar na definição dos valores.